Empezando pelo sabor tradicional!

Imagem

Sim, o Letras com Sabor não poderia deixar de começar a degustar Barcelona pelo mais típico e tradicional da Espanha: Pão com tomate, Gazpacho, Tortilla de Patata, Paella e Creme Catalão.

Na Espanha esse é um menu muito típico e tradicional repleto de cores e sabores a la Gaudí! Aqui alguns alimentos se fazem presentes diariamente nas refeições espanholas.O tomate em suas mil e uma variedades, a batata, o ovo, o jamón, o azeite, o arroz e o vinho.Com estes ingredientes básicos é possível elaborar uma série de pratos de dar água na boca.

Para me aventurar e saborear estas delícias resolvi me inscrever em uma aula de culinária espanhola. Procurei por escolas de culinária em Barcelona e acabei escolhendo a bcnKitchen que oferece diversas aulas gastronômicas.

Realizei todo o processo de reserva e compra da aula pelo próprio site. Apesar de estarmos em Barcelona, a aula foi dada toda em inglês (um pequeno inconveniente para aqueles não “degustam” esta língua). O ponto de encontro não poderia ser mais colorido e de abrir o apetite: La Boqueria. Um dos mercados mais conhecidos (e turísticos) de Barcelona.

Barcelona está recheada de mercados locais. Há muitos a degustar. E de todos, com certeza, se procuram algo bem turístico, o lugar certo é La Boqueria. Mais pra frente farei um post com os melhores mercados locais de Barcelona para apreciar sem moderação.

… Voltando à classe de cocina. Nos encontramos no mercado e antes de começarmos a aula, compramos os ingredientes necessários para a preparação do menu. Esta parte foi divertida e interessante. É possível conhecer as diversidades, os hábitos e comportamento alimentar da região, bem como entender um pouco sobre os tipos de jamón, os tipos de azeite e de azeitonas (coisas tão complexas como vinhos, já que não sou uma expert, apenas uma degustadora de sabores).

A aula começa às 10h30 com as compras e explicações. Um tour pelo mercado e subimos para a cozinha (que se encontra dentro do próprio mercado). Um grupo de 8 pessoas e mão na massa.

Não será possível explicar tuuuuuuudo e toooooodas as preparações. Mas quem quiser posso encaminhar as receitas. Só entrar em contato com o Letras com Sabor!

Mas, vou resumir as com as impressões que tive:

  • Gazpacho é muito simples de fazer. Mas a escolha do tomate faz toda diferença. Como no Brasil não temos tanta diversidade de espécies como aqui na Espanha, minha sugestão é utilizar o tomate italiano (menos semente e mais carnudo) ou então o tomate débora (menos ácido que o tomate carmem, mas com mais sementes que o italiano). Hoje em dia gurmetizaram o Gazpacho aqui na Espanha. Tem Gazpacho de frutas vermelhas, de sandía (melancia) … Mas, o tradicional e original é tomate, pimentão, cebola, pepino e pão (alguns não utilizam o pão).
  • Tortilla de Patata era meu medo. Como podem fazer uma coisa tão deliciosa como aquela e não desmanchar? Na verdade, a tortilla pode ser comparada à grosso modo com um omeletão de batatas. Basicamente é composta de três passos: cozinhar as batatas, dourar as cebolas e bater os ovos. Misture todos os ingredientes e pronto, só adicionar à panela. O que mais me chamou atenção em todo o processo foi o cozimento da batata. São cozidas em azeite de imersão a fogo baixo (para não fritar). Daí, fiquei pensando como adaptar isso ao Brasil, pois uma lata de azeite extra virgem é muito cara e, aqui na Espanha azeite se vende como óleo de soja no Brasil. Sugestão: utilizar metade de azeite e metade de outro óleo; cozinhar as batatas em microondas e depois adicionar um pouco de azeite para continuar o processo (não testei ainda e não sei se ficarão tão saborosas). Nestas horas é melhor nem pensar no valor calórico. Só saborear mesmo.
  • Paella, nem é tão complicada de se fazer, porém é preciso ter uma paelleira, uma
    chama de fogo adequada para o cozimento e um bom açafrão.
  • Creme Catalão simples, prático e rápido de fazer.

Por toda Espanha vão encontrar estes sabores espalhados por diversos restaurantes. Grande parte turísticos e não tão saborosos. Mas, o Letras com Sabor deixará nos posts seguintes dicalícias de onde saborear os melhores “arroces” …

Captura de Tela 2015-09-26 às 10.42.38

18 Comidas

Imagem

http://www.18comidas.com/

É na cozinha que acontecem as cenas mais deliciosas da minha vida. É no calor do fogão que aqueço a minha alma e abro meu apetite. O compartilhar das refeições recheiam a minha vida de nutrientes essenciais. As refeições são bons momentos para colocar o papo em dia, dividir alegrias, compartir experiências … Quantas histórias podemos compartilhar em momentos saborosos como estes?

Tendo as refeições como pano de fundo, o cineasta Jorge Coira, produziu o filme espanhol/argentino, 18 COMIDAS.

São 24 personagens, entremeados em 6 histórias e 18 refeições que se encontram recheadas de momentos que podem mudar a vida de cada personagem. Tem uma mulher casada que sonha com um músico de rua; um homem que não sabe que seu irmão está apaixonado por outro homem; outra mulher insatisfeita com sua vida profissional; duas irmãs que vivem brigando porque uma delas tem o sonho de virar cantora; dois velhos que comem em silêncio.

Cenas com sabores diferentes, recheadas de simbolismo, pitadas de drama, colheradas de humor … Imagine tudo isso junto e misturado dentro de um caldeirão em ebulição. Pedaços de vida com sabores que podem ser semelhantes aos nossos!

O filme encontra-se em cartaz no RJ desde novembro. Em SP e outras capitais é preciso esperar (em banho maria) que entre em circuito nacional. Enquanto isso degustem o trailer! Bom apetite!

http://www.youtube.com/watch?v=9Ttc_31Kl4Y

Preferências
Preferências
Preferências
§
1
2
3
4
5
6
7
8
9
0
=
Backspace
Tab
q
w
e
r
t
y
u
i
o
p
[
]
Return
capslock
a
s
d
f
g
h
j
k
l
;
\
shift
`
z
x
c
v
b
n
m
,
.
/
shift
English
alt
alt
Preferências

Sinfonia de Sabores

Imagem

Sim, os alimentos e as preparações estimulam os sentidos: tato, olfato, paladar … e por aí vai.

Apreciamos com as mãos (o toque no alimento, as diferentes texturas), comemos com os olhos (as cores aguçam o apetite), sentimos com o olfato (os diferentes cheiros que os alimentos despertam), degustamos com o paladar (a cada mordida um deleite de sabores) e saboreamos com o som (a crocância, o estalar, …)

Agora, você já pensou em utilizar a sua audição para outro sentido saboroso? Não?

De maneira super irreverente e inovadora, lá na Espanha, um grupo de amantes da gastronomia, composto por jornalistas, colaboradores e chefs, criou a Gastro Rádio, uma rádio on line destinada só sobre esta deliciosa temática.

A rádio permanece no ar 24 horas por dia e está recheada de programas e reportagens deliciosas. Um deleite para os amantes do bem comer!

A programação está repleta de sabores a desbravar. Tem a “Agenda Gastronómica“, que dá dicas de lugares para os ouvintes se deliciarem.  No “About Art” os apresentadores falam sobre arte e  gastronomia.

O programa “Coaching Nutricional” aborda a relação que os indivíduos criam com a comida e como as emoções podem interferir na sua alimentação.

Tem programa para todos os gostos e sabores e todos eles são arquivados em podcasts. Você pode se deliciar a qualquer momento.

E aí, gostou da ideia?

Clique e saboreie!